Segunda-feira, 14 de junho de 2021
informe o texto

Notícias Papo Reto

Amigos e familiares fazem vaquinha virtual para ajudar mãe, irmã e filha de atleta que morreu vítima da Covid-19

Madjer era faixa preta em Jiu-jistu, marrom em Kickboxing além de realizar treinos de forças e aeróbicos em academias de Cuiabá. Além disso, o rapaz era voluntário e professor do Coletivo Cuiabá, projeto social voltado para assistência de crianças ca

11/05/2021 - 08:57 | Atualizada em 11/05/2021 - 10:06

Da redação

Amigos e familiares fazem vaquinha virtual para ajudar mãe, irmã e filha de atleta que morreu vítima da Covid-19

Atleta mato-grossense foi mais uma vítima da Covid-19

Foto: Arquivo pessoal

Amigos e entes queridos de Madjer Okde, atleta de artes marciais de 30 anos que morreu vitima da Covid-19 no último sábado (9), estão realizando uma vaquinha virtual para amparar sua mãe, sua filha  e irmã que ficaram desassistidas após a perda precoce do rapaz. Era Madjer que sustentava sua casa. Com isso, amigos e familiares estão buscando dar tranquilidade financeira de emergência por dois anos até elas conseguirem meios para continuarem suas vidas.
 
- Ele que basicamente sustentava a casa e nos deixou uma enorme saudade e nós como amigos podemos pelo menos auxiliar os familiares pois com toda certeza ele faria o mesmo por nós - diz trecho da campanha que está aceitando quaisquer valores neste momento de luto.

Ajude a família clicando no link abaixo:
 
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/madjer-okde-ajuda-para-sua-familia

Vítima da Covid-19
 
Conhecido pelos amigos como ‘garoto saúde’, Madjer era faixa preta em Jiu-jistu, marrom em Kickboxing além de realizar treinos de forças e aeróbicos em academias de Cuiabá. Além disso, o rapaz era voluntário e professor do Coletivo Cuiabá, projeto social voltado para assistência de crianças carentes num bairro periférico da capital.

Internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Casa, desde o final de abril, o atleta não resistiu às complicações oriundas do vírus e faleceu na noite deste sábado (8). A morte precoce do rapaz aconteceu menos de um mês após o óbito de seu pai.

Amigos e familiares lamentaram a perda do rapaz e alertaram sobre os riscos do coronavírus, usando de exemplo ele que, sem comorbidades e com rotinas de treinos intensivos, não resistiu.

“Inacreditável. Vai com Deus!! Jurava que você ia sair dessa. Obrigada por fazer parte da minha história. Sempre lebrarei de você com muito carinho”, diz uma seguidora do rapaz.

“Sempre olhei ele nas arquibancadas e com o tempo virei fã demais desse cara. O seu estilo de luta e o jeito que interagia com as pessoas. Percebi que era uma pessoa muito querida, meus sinceros sentimentos a família e amigos”, diz outro rapaz lamentando a perda precoce do atleta.
 

Informe seu email e receba notícias!

Edifício Comercial Marcelon Office - sala 108
Rua P, 300 - Consil
Cuiabá / MT - Brasil - CEP: 78048-345

(65) 99971-9560

Sitevip Internet